(11) 98550-7777

(11) 3744-8970

Bem Vindos à AudíFono!

A sua clínica Fonoaudiológica.

Fonoaudiologia

Melhorando sua qualidade de vida.

Sequelas decorrentes de Lesões Neurológicas: Um Acidente Vascular Encefálico (AVE ou Derrame) pode trazer alterações de fala, voz, deglutição e linguagem. Quanto mais cedo houver a intervenção fonoaudiológica, maiores são as chances da pessoa recuperar a função debilitada. Assim como nos casos de: Parkinson, Alzheimer, Esclerose Múltipla, Esclerose Lateral Amiotrófica.

Alterações de Voz: Aperfeiçoamento vocal (voz muito aguda ou grave demais, rouquidão, vozes nasais); Reabilitação em casos de nódulos/pólipos/calos nas pregas vocais/cordas vocais.

Problemas Auditivos: O Fonoaudiólogo é o responsável pela realização de exames para diagnóstico de perdas auditivas, tais como: audiometria, emissões otoacústicas, BERA. É ele que faz a seleção e adaptação de aparelhos auditivos e o trabalho terapêutico de reabilitação do deficiente auditivo. Realiza a Avaliação e Terapia de Processamento Auditivo, Avaliação Otoneurológica (exame vestibular para casos de tonturas) e a Reabilitação Vestibular. Para saber mais e esclarecer melhor suas dúvidas, consulte sempre um fonoaudiólogo.

A Clínica

A clínica AudíFono é especializada em Fonoaudiologia e atua desde 2007, prestando serviços no próprio consultório.

Clinica AudíFono - Aparelhos auditivos

Nossa missão é melhorar a qualidade de vida de crianças, adolescentes, adultos e idosos, através da prevenção e reabilitação de alterações da comunicação.

Nossos Colaboradores

Todo nosso time de profissionais é altamente capacitado e preparado para oferecer o melhor  atendimento.

Tatiana Fernandes Cili
CRFa 2-9041
Fonoaudióloga e Psicopedagoga
Formada em 1997 pela PUC-SP
Especialista em Audiologia e Mestre em Fonoaudiologia pela PUC-SP

Marcela Marreiro Gomes Faria
CRFa. 2-12495
Fonoaudióloga formada pela PUC-SP em 2001
Mestre em Fonoaudiologia Clínica
Especialista em Audiologia Clínica e Educacional

Regina Skavinski Morcelli
CRP 06/113045
Psicóloga
Formada em 2012 pela UNIP
Especialista em Terapia Cognitivo Comportamental pela PUC-RS

Nossos Serviços

Terapia Fonoaudiológica

Adaptação de aparelho auditivo

Terapia cognitivo comportamental

Avaliação do processamento auditivo central

Treino auditivo em cabine

Psicopedagogia

Audiometria

Moldes personalizados (Tampão)

Imitanciometria

Envie-nos uma mensagem!

Entre em contato através do telefone: (11) 3744-8970, pelo e-mail: clinica@audifonologia.com.br ou pelo formulário eletrônico abaixo.

Localização

Av. Dr. Guilherme Dumont Vilares, 1230 (Portal do Morumbi)
CJ 11 – 1º andar, Morumbi
CEP 05640-002, São Paulo – SP

Horário de funcionamento

Segunda-feira à sexta-feira
9:00 às 20:00 horas

Siga-nos no Instagram!

A AUDÍFONO agradece e parabeniza todos os professores ... em especial aos nossos parceiros que tanto confiam no nosso trabalho e que juntos, alcançamos excelentes resultados!!

#fonoaudiologia #fonoporamor #diadosprofessores #professores #outubro #paulofreire #clinicaaudifono
...

Representante Autorizado Audium

Aparelhos Auditivos Phonak

Venda de Pilhas e Acessórios para Aparelhos Auditivos.
audium-audifono-parceiro
Psicopedagogia-Fonoaudiologia

Tatiana Fernandes Cili
CRFa 2-9041
Fonoaudióloga e Psicopedagoga
Formada em 1997 pela PUC-SP
Especialista em Audiologia e Mestre em Fonoaudiologia pela PUC-SP

Sou Fonoaudióloga e Psicopedagoga. Formada em Fonoaudiologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) em 1997. Especialista em Audiologia, título concedido pelo Conselho Federal de Fonoaudiologia. Mestre em Fonoaudiologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Desde 1998 atuo na área clínica e de educação. Nunca parei de me aperfeiçoar, participo ativamente de congressos, simpósios, cursos para poder oferecer ao meu paciente o que existe de mais atual em técnicas e estratégias terapêuticas. Tenho experiência com crianças e adolescentes com dificuldade escolar, acompanhados ou não de diagnóstico de alteração de processamento auditivo central; transtorno de déficit de atenção, com ou sem hiperatividade; distúrbio específico de linguagem, dislexia, discalculia, entre outros. Trabalho com diversas escolas, tentando adequar as necessidades dos pacientes às exigências pedagógicas.
Faço parte de muitas equipes multidisciplinares constituídas de médicos, psicólogos, terapeutas ocupacionais, professores particulares e as equipes de orientação e coordenação de cada escola especifica do paciente. O objetivo é a prática interdisciplinar e o exercício da transversalidade. A busca é pela possibilidade do estudante aprender e se desenvolver integralmente. Além da Clínica de Educação também realizo Terapia Fonoaudiológica com crianças a partir de 2 anos de idade, adolescentes e adultos. Atuo nas áreas de dificuldade de fala; funções de mastigação, deglutição e respiração; adequação de força de musculatura facial; adaptação de estrangeiros de língua espanhola, inglesa e alemã ao português do Brasil falado e escrito.
Sempre estive envolvida com pessoas de outras nacionalidades, principalmente de língua espanhola, inglesa e alemã.
Realizo terapia fonoaudiológica e psicopedagógica em inglês e espanhol.
Tenho dedicação total ao consultório, trabalho todos os dias da semana na Audífono, buscando ajudar da melhor forma possível os pacientes que recorrem à contribuição da Clínica Fonoaudiológica e/ou Psicopedagógica.

Apresentar as profissionais da Clínica AudíFono

Marcela Marreiro Gomes Faria
CRFa 2-12495
Fonoaudióloga formada pela PUC-SP em 2001
Mestre em Fonoaudiologia Clínica
Especialista em Audiologia Clínica e Educacional

Sou Fonoaudióloga formada pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) no ano de 2001.
No ano de 2002, realizei Aprimoramento em Audiologia Educacional na Derdic.
Nesse mesmo ano, ingressei na Ateal/Jundiaí-SP, onde trabalhei por 5 anos realizando Avaliação Auditiva, Avaliação e Terapia do Processamento Auditivo Central, Adaptação de Aparelhos Auditivos e Terapia de Linguagem.
Em 2003 iniciei o Mestrado em Fonoaudiologia Clínica na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), obtendo o título de Mestre em 2005.
Iniciei, no ano de 2006, a Especialização em Audiologia no Instituto de Estudos Avançados da Audição (IEAA). Me tornei Especialista em Audiologia em 2007.
Neste mesmo ano de 2007, comecei a clinicar na Audífono, sendo a Fonoaudióloga responsável pelo Setor de Audiologia Clínica. Desde então, me dedico a realização de Avaliações Audiológicas em adultos e crianças (audiometria tonal e vocal), Impedanciometria, Avaliação do Processamento Auditivo Central, Terapia do Processamento Auditivo Central (treino auditivo formal em cabine e terapia informal em sala), Adaptação de Soluções Auditivas (Aparelhos Auditivos, Acessórios, tampões e moldes auriculares).
Atuo em equipe multidisciplinar, orientações familiares e às escolas, visando sempre a qualidade de vida e melhor desenvolvimento de cada paciente.

Apresentar as profissionais da Clínica AudíFono

Regina Skavinski Morcelli
CRP 06/113045
Psicóloga formada em 2012 pela UNIP
Especialista em Terapia Cognitivo Comportamental pela PUC-RS

Sou Psicóloga, profissão escolhida com muito carinho e inspirada em pessoas que buscam sempre extrair o seu melhor. Atendo na clínica crianças, jovens e adultos.
Sou formada pela Universidade Paulista no ano de 2012. Durante a graduação, sempre me interessei pelas questões relacionadas ao comportamento e como eles podem ser modificados através de pensamentos e sentimentos. Tenho pós graduação em terapia cognitiva comportamental (TCC) e sou certificada em Neurociência ambos na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS). Além de utilizar uma variedade de técnicas com o objetivo de mudar pensamentos distorcidos, também é uma abordagem que visa aliviar sintomas que causam desconforto, dor, incômodo, tristeza ou qualquer outra sensação negativa.
A Neurociência estuda o funcionamento do cérebro sob a ótica do sistema nervoso. Essa combinação de TCC e Neurociência auxilia na compreensão de como construímos e processamos as informações, pois quanto mais compreendemos o cérebro mais compreendemos os comportamentos.
No campo da Psicologia Clínica há diversas formas de entender e tratar os problemas psicológicos. Isso gera dúvidas nos pacientes em decidir qual tipo de ajuda buscar.
Nas últimas décadas a TCC tem tido um impacto enorme sob o campo da saúde mental, devido sua eficácia na compreensão e no tratamento de uma extensão de distúrbios emocionais e comportamentais O foco da TCC é auxiliar o paciente a identificar pensamentos, sentimentos e crenças distorcidas, gerando novos padrões de raciocínio e automaticamente novas formas mais adequadas e saudáveis para sua vida. O trabalho é realizado em conjunto com o paciente, utilizando metas, protocolos e exercícios específicos de acordo com a queixa apresentada.

Terapia Fonoaudiológica

Os Fonoaudiólogos da Audífono realizam terapia nos casos de:

• Atraso de Desenvolvimento de Linguagem Oral
• Substituições e Alterações na Fala
• Gagueira
• Dificuldades de Mastigação, Deglutição e Respiração
• Mau Posicionamento de Língua
• Falta de força dos Músculos Faciais
• Dificuldades Escolares
• Substituições e Alterações de Leitura e Escrita
• Alterações de Processamento Auditivo Central
• Adaptação de pessoas de língua espanhola, inglesa e alemã ao português do Brasil

Atendemos crianças, adolescentes, adultos e idosos.

Adaptação de Aparelho Auditivo

Trata-se de selecionar, indicar e adaptar as melhores soluções auditivas para pacientes com perdas auditivas de graus leve a profundo, zumbido, dificuldade de ouvir em ambientes ruidosos, dificuldade em entender a televisão e conversas ao telefone, entre outras.

Além da adaptação, o paciente conta com um acompanhamento periódico para garantir o uso efetivo do aparelho auditivo e se beneficiar da melhor forma deste recurso.

Terapia cognitivo comportamental

* Autoconhecimento
* Autocontrole
* Compreender a origem e razão dos seus sofrimentos e aprender a manejá-los.
* Modificação dos sintomas
* Prevenção aos sofrimentos psicofísicos
* Fortalecer e acelerar o amadurecimento e o desenvolvimento pessoal, social e profissional
* Desenvolver habilidades interpessoais
* Potencializar sua auto estima e sua capacidade de fazer escolhas
* Solucionar problemas pontuais
* Desenvolver meios de agir no mundo, redefinindo comportamento
* Melhorar qualidade de vida
* Tratamento de doenças Psiquiátricas: depressão, ansiedade, transtorno afetivo bipolar, transtorno de personalidade, entre outras

Avaliação do processamento auditivo central

É um exame realizado a partir de 5 anos de idade, em cabine acústica, não invasivo, que tem por finalidade determinar de que forma o cérebro interpreta a informação auditiva.

Os testes do processamento auditivo central visam identificar a presença de habilidades auditivas deficientes e entender a manifestação deste prejuízo no comportamento e na aprendizagem. Estes testes são selecionados de acordo com a faixa etária do paciente.

O fonoaudiólogo especialista em audiologia é o profissional capacitado para realizar essa avaliação e, com o resultado dos testes, determinar a melhor estratégia terapêutica, dentre elas: Treino Auditivo Formal em Cabine e/ou Terapia Fonoaudiológica Informal em sala.

lingua presa-dificuldade de falar-gagueira-fonoaudiologia-Audifono
Apresentar serviços de Fonoaudiologia da Clínica

Treino auditivo em cabine

Apresentar serviços de Fonoaudiologia da Clínica
auditivo-audição-fonoaudiologia-fala

Sabendo-se da capacidade do cérebro, em se modificar, com estimulações intensas, o Treinamento Auditivo tem como objetivo fortalecer estruturas cerebrais e redes neurais, responsáveis pelo Processamento auditivo Central (PAC).

É uma das estratégias terapêuticas usadas para reabilitação do transtorno do processamento auditivo central.

É realizado em cabine acústica, com um fonoaudiólogo especializado, que irá, através de exercícios, estimular processos que precisam ser adequados, para o bom funcionamento do processamento da audição.
O treinamento será baseado nas dificuldades já identificadas anteriormente em uma avaliação do PAC. Durante esse processo, será solicitado que a pessoa realize atividades que envolvem a memória, discriminação de sons em intensidades ou frequências diferentes, manter-se atento a um estímulo de fala, mesmo com ruído competitivo (história, ou barulho não verbal), tudo isso, de acordo com as necessidades de cada indivíduo.

Ao final do processo, observa-se um melhor desempenho em tarefas que apresentavam maior grau de dificuldade. A evolução pode ser identificada no melhor desempenho escolar, e/ou em terapia fonoaudiológica, ou na própria percepção do paciente da melhora na compreensão e satisfação ao realizar atividades sociais, acadêmicas ou no trabalho

Psicopedagogia

Na Audífono você encontra um fonoaudiólogo-psicopedagogo capaz de ajudar a vencer a fase da dificuldade escolar.

A Psicopedagogia trabalha com o fracasso escolar e os aspectos que conduzem a ele, o que é extremamente amplo.

A Terapia Fonoaudiológica desenvolve atenção, memória e consciência fonológica através de atividades lúdicas ou não, ajudando a construir ou aperfeiçoar a leitura, a escrita e a ortografia.

Por exemplo, a não-aprendizagem na escola é só uma das causas do fracasso escolar. Mas, o que pode ser considerado fracasso escolar?

Segundo Maria Lúcia Weiss (2006), o fracasso escolar é uma resposta insuficiente do aluno a uma exigência da escola. O que pode ser analisado pela perspectiva da escola, da sociedade e do próprio aluno.

O Psicopedagogo, em seu diagnóstico, deve identificar as causas do fracasso escolar.

Psicopedagogia - Saiba mais

Para isso ele também deve levar em consideração:

Aspectos orgânicos – alterações nos órgãos sensoriais, problemas do sistema nervoso (alteração do processamento auditivo central, dislexia, TDA-H, síndromes,etc.), podem gerar dificuldades na aprendizagem escolar.

Aspectos cognitivos – ligados às funções mentais superiores também influenciam na aprendizagem.

Aspectos emocionais – o desenvolvimento afetivo está diretamente relacionado a construção do conhecimento e a sua expressão através da produção escolar. O não-aprender pode refletir algum problema relacional.

Aspectos sociais – questões da sociedade onde estão inseridas tanto a família quanto a escola.

Aspectos pedagógicos – questões ligadas à metodologia de ensino, avaliação, quantidade de informação, estrutura das turmas, organização da escola como um todo.

Nessa investigação o psicopedagogo tenta compreender (de forma global) como se dá a aprendizagem e os desvios que estão ocorrendo nesse processo.

Com isto conclui-se que, na verdade, a Psicopedagogia é aliada da Fonoaudiologia.

Audiometria

É um exame realizado em cabine acústica, não invasivo, que tem como objetivo determinar o limiar auditivo, o som mais baixo que a pessoa escuta, caracterizando uma audição dentro dos padrões de normalidade ou uma perda auditiva.

Em nossa clínica, a avaliação audiológica é feita em crianças a partir de 4 anos de idade, em adultos e idosos.

Possuímos cabine acústica ideal para realização de audiometria tonal, audiometria vocal e audiometria em campo.

Nossos equipamentos são calibrados anualmente seguindo todas as normas exigidas.

audiometria-audifono-fonoaudiologia-morumbi

Moldes personalizados (Tampão)

Na AudíFono confeccionamos Moldes Personalizados para sua necessidade.
Apresentar moldes de ouvido personalizados pela audífono

Moldes para praticantes de natação (evitar entrada de água no ouvido)

Apresentar moldes de ouvido personalizados pela audífono
Para Atenuar o Ruído em Ambientes com Ruídos Excessivos (Sem Filtro)

Imitanciometria

É um exame rápido, objetivo e indolor composto por dois procedimentos: timpanometria e a pesquisa do reflexo acústico. A timpanometria avalia a integridade da membrana timpânica, as estruturas da orelha média e tuba auditiva e a pesquisa do reflexo acústico avalia as condições da orelha média até a região do complexo olivar superior, é uma contração involuntária dos músculos da orelha média em resposta a um estímulo sonoro.

O teste é realizado pela colocação de uma pequena sonda no conduto auditivo externo em uma das orelhas e um fone na outra. Através da sonda é injetada uma ligeira pressão no conduto auditivo externo, e pelo fone o paciente ouvirá estímulos sonoros.

O exame pode ser realizado em todas as idades e o resultado não depende da participação do paciente.

Apresentar o aparelho de imitanciometria de fonoaudiologia
Open chat
Fale conosco agora mesmo!